FIFA x PES: Teremos segundo turno

4 10 2010

Ps.: Postado originalmente em Trivela.com.br

As novas versões FIFA e Pro Evolution Soccer deixaram impressões bem positivas em suas DEMOs. Foto: Reprodução

Teremos segundo turno
Postado em 3/10/2010 às 12:11 por Lincoln Chaves

Já que estamos em clima de eleições, pode-se dizer que após uma análise inicial do que proporcionam FIFA 11 e Pro Evolution Soccer 2011 por intermédio de suas versões DEMO, teremos segundo turno na eterna eleição de “melhor game de futebol do momento”. Claro, não se pode tirar muitas conclusões a partir das opções que as demonstrações oficiais dos jogos deixam disponíveis para os jogadores. Até porque o foco maior destas é que o usuário possa ver melhor o que o espera no ato de jogar propriamente dito – leia-se jogabilidade, gráficos, etc.

No entanto, as DEMOs de ambos permitem um panorama inicial, e este é de que FIFA ainda se coloca um pouco à frente de PES, ainda que ambos tenham mostrado evoluções muito sensíveis e que o game da Konami tenha voltado de vez à bater de frente com o da EA Sports, diferentemente do que ocorrera nos últimos anos, quando, mesmo em evolução, a franquia japonesa ainda não havia “acertado a mão” na era next-gen. O segundo turno dessa eleição? Será mesmo conhecido nas próximas semanas, já que neste dia 5 PES 2011 chega oficialmente às lojas (FIFA 11 está no mercado desde o último dia 28).

Indo por partes, comecemos com a impressão visual. FIFA melhorou bastante o traçado dos jogadores e ampliou a gama aparências reproduzidas – ou seja, aquelas que são moldadas às características de determinados atletas, e que acabam sendo uma base para a formação dos demais. Os estádios também ganharam mais detalhes, bem como as torcidas, que não só estão melhor desenhadas como mais “animadas”. O redor do campo foi aprimorado e movimentado, aumentando a sensação de “presença” no jogo. PES também mostrou considerável evolução no campo visual tal qual FIFA, mas na visão deste colunista, poderia ter mais “vida” nos arredores do campo.

Sob a perspectiva da dificuldade, pode-se dizer que há um empate técnico, talvez pendendo um pouco, novamente, ao jogo da EA Sports. Em ambos, a marcação e a inteligência artificial foram aprimoradas. Até os goleiros de FIFA, sempre criticados por suas “mãos-de-alface”, estão mais exigentes e espertos. Em PES, por sua vez, a primeira impressão é a de que a Konami teve sucesso em corrigir as saídas bizonhas que alguns defensores faziam, por vezes facilitando contra-ataques. Ainda é difícil afirmar se os japoneses “maneiraram” com a abertura para jogadas “manjadas”, como o avanço pelas pontas e o chute cruzado, mas é notório que PES ganhou um tom mais desafiador.

Já a jogabilidade é um capítulo a parte, e embora, como em anos anteriores, PES tenha-a como mais fácil e controlável, FIFA deu um passo bastante consistente em sua mecânica. O game da Konami está bastante “manipulável”, com controles leves e que permitem a quem está no comando mudar o movimento do jogador com maior precisão. O contato com os botões está mais sensível e determinante. Ou seja: não bastará apenas apertar o botão do passe, mas o jogador deverá controlar a intensidade do toque e apontar a direção. Algo que fatalmente exigirá mais habilidade de quem está com o joystick na mão, e aprimora a já famosa jogabilidade da franquia.

FIFA, por sua vez, conseguiu dar para sua versão 2011 uma mecânica diferenciada, quebrando paradigmas de ser um game por vezes mais “duro”, “rígido”, que PES. Além disso, o jogo ganhou uma cadência maior, sem aquela velocidade às vezes até sufocante, e se tornou mais palpável até mesmo para aqueles mais adeptos do PES, que ainda tentam criar coragem para se aventurar no game da EA Sports. Com isso, tornou-se mais possível o usuário tramar alguma jogada diferente, especialmente quando conta com um Lampard ou um Essien na equipe. Diferente de antes, quando por vezes os jogadores precisavam ser mais rápidos do que efetivamente habilidosos com o joystick.

Pelo conjunto da obra, FIFA ainda fica alguns passos à frente. Segue superado na jogabilidade por PES, mas evoluiu-a de forma bem significativa e mostra ter tornado a experiência de jogo não só mais realística, mas “gostosa”, leve. Quanto a outros aspectos, conta com uma melhor ambientação da partida, no tocante ao clima e às animações extra campo, por exemplo. Registrou também gráficos sensivelmente mais detalhados. Por sua vez, o game da Konami evoluiu muito em todos os aspectos, visivelmente em sua inteligência artificial, na movimentação dos jogadores e em seu visual.

No entanto, PES está ainda com muito de suas cartas na manga escondidas. Na DEMO, por exemplo, podia-se jogar somente um amistoso entre Barcelona e Bayern Munique, e outro, já válido para o modo Libertadores, entre Internacional e Chivas Guadalajara. E após as partidas, era lançado um longo vídeo com as inovações do game, destacando-se um desenvolvimento enorme do modo de edição, com a possibilidade do jogador mexer de formas até extravagantes no estádio e no céu. Serão introduzidas também novas (e estranhas) faces para os jogadores, como uma cabeça de abóbora e um capacete medieval. Haverá até a possibilidade de se jogar com uma espécie de bola de meia.

A incógnita que reserva o extra-game de PES é o que torna ainda impossível determinar se FIFA seguirá à frente ou se perderá a batalha de 2011 pelo topo. É provável até que, pelo apresentado no ambiente de jogo propriamente dito, siga à frente. Mas é notório que a Konami tem voltado a acertar a mão com Pro Evolution, ressuscitando uma rivalidade que desde o início da era next-gen parecia uma balança que pendia por demais para um dos lados. O equilíbrio e a busca por novidades maiores, em ambos os lados, é o sinal disso, e quem ganha somos nós, jogadores e fãs do futebol, no campo e virtual.

Anúncios

Ações

Information

One response

7 10 2010
Maurício Vargas

Cara, então.

Baixei os demos essa semana e joguei umas cinco partidas de cada.

Na jogabilidade, Fifa achei que mudou muito pouco do 10 e do FIFA World Cup, q sempre é uma transição da franquia né. Sinceramente, não gosto desse esquema de dribles com o R3, acho horrível e já atacou minha tendinite haha. Mas acho o FIFA muito artificial por exemplo na bola chutada pelo goleiro, a câmera mexe muito rápido depois pára, parece que a bola correu, bateu no teto e caiu. Sem contar que É IMPOSSÍVEL ganhar de qualquer um na corrida! Posso estar com o Messi correndo contra o André Luís que perco, isso é muito forçado. Tá certo que não precisa ser igual os WEs antigos, mas aí já é demais.

Quanto aos gráficos, não tinha visto FIFA no PS3 até que peguei o Fifa World Cup. Não gostei dos gráficos, as animações me lembraram muito os do FIFA 2000 e achei as texturas muito suaves, sabe? Smooth, como eles dizem. O detalhamento dos estádios é pior que o do PES e ontem mesmo tava jogando uma disputa de pênaltis, à pouca distância a qualidade do gráfico das camisas já cai. O PES 2010 achava bem bacana, mas do 2011 me decepcionou no DEMO. O ângulo da câmera é horrível, mudou tudo, e os gráficos parece que retrocederam.

Agora, quanto à jogabilidade, o PES mudou totalmente! Maior mudança de todos os tempos haha….acabou o passe manual com o R3, os dribles sao meio no estilo do FIFA com o analogico né….inicialmente não gostei, mas jogando um pouco mais já me adaptei melhor, e continuei gostando mais do PES. Sei que é questão de costume, mas o jogo parece mais fluido, mais natural…só ficou faltando a narração no DEMO mesmo haha.

Enfim, nenhum game jamais será igual Winning Eleven 9, o melhor de todos os tempos. Mas aguardemos. Só sei que ver os demos me fez ter um apreço enorme pelo meu PES 2010 véio de guerra.

abs!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: